Whisky

Whisky

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Desvendando Nº 45: Woodford Reserve Distiller's Select


Woodford Reserve é uma destilaria de bourbon singular, que usa alambiques do tipo pot, como versões em miniatura dos da Glenmorangie, para fazer destilação tripla.

Declarada patrimônio histórico nacional, nascida pela segunda vez em 17 de outubro de 1996, uma reencarnação da destilaria do pioneiro Elijah Pepper, a Woodford foi concebida por sua proprietária, a Brown-Forman Company, de Louisville, para prestar homenagem à história e à tradição da destilação artesanal de bourbon em Kentucky. A destilaria renovada era chamada de Labrot & Graham até outubro de 2003.

A menor destilaria atualmente ativa em Kentucky, a Woodford cria pequenos lotes (small batch) de whiskeys do início ao fim, produzindo de 45 a 50 tonéis por dia. É a única destilaria de bourbon a empregar o raro método da tripla destilação e a utilizar exclusivamente alambiques tradicionais de cobre para tal.


A receita do Woodford Reserve leva 72% de milho, 18% de centeio e 10% de malte de cevada. Os grãos cozidos fermentam por cinco a sete dias em pequenas dornas de madeira, criando uma cerveja concentrada a 18 proof. Os alambiques com pescoços longos e estreitos atingem quase cinco metros de altura e incluem um alambique de cerveja, um de vinhos altos e um de espírito. O destilado do terceiro alambique sai a uma concentração de 158 proof, apenas dois pontos abaixo do limite legal.

Ao destilado é acrescentada água desmineralizada e é então colocado no barril medianamente chamuscado a 110 proof. O Woodford é em geral envelhecido de seis a sete anos e generosamente engarrafado a 90,4 proof.


O que pude perceber:
Características: cor âmbar escuro, encorpado.
Aroma: um pouquinho de álcool torna-se evidente no início, mas nada que chegue a incomodar. Caramelo, mel, açúcar mascavo queimado. Carvalho e baunilha. Aroma de chocolate ao leite juntamente com frutas secas. Em nenhum momento senti o cheiro característico de milho típico dos bourbons, tampouco o adocicado enjoativo. Bem equilibrado no olfato. Bastante perfumado. A adição de água realça o caramelo e o açúcar mascavo queimado. Fica um pouco mais adocicado. O álcool desta vez não é proeminente. O amadeirado perdura. Continua um whiskey bastante perfumado. Com uma pedrinha de gelo, caramelo e carvalho se sobressaem. Nada de álcool. Frutas secas. Sensação de um whiskey mais suave.
Paladar: picante, gengibre e bem quente. Não há o gosto de álcool propriamente dito, apesar de seus 45,2% ABV, mas há uma leve dormência na boca, que logo some, dando lugar ao caramelo e ao amadeirado do carvalho. Finaliza com um pouco de baunilha. Bastante complexo, com muitas variações no decorrer da degustação. Um pouco de água deixa o whiskey um pouco mais equilibrado, casando bem o caramelo, o gengibre, a baunilha e o amadeirado, finalizando com um toque picante, além das notas de chocolate ao leite. Bem interessante. O gelo deixa o paladar mais cremoso, com as notas mais doces dando o tom desta vez, porém o final continua picante, com um toque de gengibre.

Um whiskey bem equilibrado e complexo, diferente da maioria dos bourbons. Não é muito doce e o milho não se mostra evidente. Para o meu paladar, se todos os bourbons fossem como ele, eu me tornaria hoje um grande apreciador de bourbons. Possui barril e garrafa numeradas, o que demonstra um certo cuidado com sua produção. Na prática, sabem o que isso significa? Nada. Mas é sempre bom pensar que se está consumindo um produto exclusivo.




Woodford Reserve Distiller's Select
Bourbon Teor Alc 45,2%


O Distiller's Select é elegante, robusto no olfato, perfumado, com passas cobertas de chocolate, frutas secas, açúcar queimado e gengibre. Complexo no palato, é fragrante e frutado, com framboesa, camomila e gengibre. O final exibe notas de baunilha e carvalho apimentado.

2 comentários:

  1. Boa noite, mestre! Sou fã de bourbons, mas não tenho muito conhecimento, estou começando no hobbie agora, razão pela qual acompanho este maravilhoso blog! Atualmente disponho de alguns bourbons na minha coleção: woodford reserve, jim beam e wild turkey 81. Até então, gostei mais do woodford. Contudo, gostaria de pedir um conselho:existe alguma marca de entrada,que tenha bom custo benefício e que possa ser encontrada no Brasil? Tenho reparado que os bourbons estão todos na casa de 150 reais, não existe nada mais barato? Obrigado!

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Mathias. Que bom que curte o blog e este sirva de base para suas escolhas. No nosso país, infelizmente encontrar bons whiskies geralmente é sinônimo de preços altos. Os ótimos bourbons que podem ser encontrados aqui no Brasil realmente estão na faixa de preço mencionada, com algumas exceções abaixo, porém nem tanto: Buffalo Trace, Elijah Craig e Bulleit são ótimas opções na faixa dos 120 reais. Poderá encontrar também o diferente Jim Beam Rye na faixa dos 90. Espero ter ajudado. Boa caçada.

    ResponderExcluir

Dê sua opinião: